Os vampiros da Baía secreta

18
Jul 08

Lenda Viva

 

 

É a essência do meu fascínio,

Conhecer as suas formas líricas, tranquilizantes…

E o impacto profundo das grutas faladoras.

Sonho conquistar o infinito, da Baia secreta,

Das ilhas perdidas, no oceano.   

As histórias, fábulas da sua existência,

Fascinantes e obscuras na densidade.

O sentir, o intenso e sublime cheiro,

Da terra faminta de água,

Há espera das tempestades tropicais.

As lendas vivas, através dos murmúrios,

O Intenso contraste do pensamento,

Do povo que a habita, e de quem as visita.

Gémeas de formação,

Adormecem assistindo ao cenário galáctico,

Em que as estrelas iluminam a cidade.

Que o nome, simboliza o nascimento…

Perco-me no espaço,

A sonhar, com esta musa verde,

Que me leva à loucura do prazer,

O prazer, do jardim do conhecimento.

 

 

Cristóvão Marquez

07-07-2008

 

 

 

publicado por crimenobairro às 18:30

Quem identificar o pais, que serviu de inspiração para este poema, ganha um telemovel.
crimenobairro a 18 de Julho de 2008 às 23:51

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

4 seguidores

comentários recentes
http://intervaloparacafe.blogs.sapo.pt está a torn...
Olá,É só para desejar umas Boas Festas e um óptimo...
Quem identificar o pais, que serviu de inspiração ...
esquecemo-nos com frequência, que a determinação t...
Adorei,mesmo,e já a segunda vez que deixo comentár...
Adorei este poema, talvez porque me diga algo rela...