Os vampiros da Baía secreta

05
Jul 08

 Aqui, basto eu!..

 Nas tuas entranhas,

 lágrimas, correram,

 leitos de sangue,

 tansformaram-se,

 em regatos.

 

Aos quatro cantos,

do mundo,

gritas-te!...

Aqui, basto eu!...

Aqui, basto eu!...

 

Guerreiro,

guerreiro andante,

assim te defendeu.

Por vossa história,

heroicamente revelas-te!

a Natureza 

o Perfume,

que debruças-te...

 

O teu seio, ofereceste-me

para que eu,

neste mundo murmurasse,

Terra prometida!...

Terra encantada,

vila enamorada,

maravilha,

minha amada.

                                  

José Mendes         

 25-05-1986

 

publicado por crimenobairro às 16:59

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

4 seguidores

comentários recentes
Lindas demais estas suas palavras! Obrigada por es...
http://intervaloparacafe.blogs.sapo.pt está a torn...
Olá,É só para desejar umas Boas Festas e um óptimo...
Quem identificar o pais, que serviu de inspiração ...
esquecemo-nos com frequência, que a determinação t...
Adorei,mesmo,e já a segunda vez que deixo comentár...
Adorei este poema, talvez porque me diga algo rela...