Os vampiros da Baía secreta

05
Jul 08

                  Nascemos para vencer

 

                                 Nem sempre somos compreendidos,

                                 Na necessidade que temos em vencer

                                 Faz parte do nosso ser, o crer,

                                 Crescermos, e nos enaltecer   .

                                 Por vezes, acordados sonhamos

                                 Em crer dominar o mundo,

                                 Traríamos paz, amor e igualdade,

                                 Alegrias e fantasias,

                                 Á vida de todos os dias.

                                 Existe dentro de nós,

                                 A mágoa, da desigualdade,

                                 Corremos mundo,

                                 Atrás da felicidade.

                                 Somos loucos, e explosivos,

                                 Quando alguém nos derrota.

                                 O sentimento de revolta, é profundo

                                 Sentindo a necessidade de invertermos,

                                 Para isso lutamos, diariamente,

                                 Com todas as forças,

                                 Quem nem imaginamos, que possuímos.

                                 Acreditamos, na teoria da relatividade,

                                 E partimos do principio,

                                 Que todo o ser, é igual.

                                 Uns esforçam-se, e evoluem

                                 Outros não passam,

                                 De parasitas da sociedade.

                                 Acreditamos, num ser supremo

                                 Que não identificamos.

                                 Tentamos compreender,

                                 Tudo, o que nos é transcendente.

                                 Será que há assim, muita gente,

                                 Ou seremos nós,

                                 Loucos para sempre!...

                                

                                Cristóvão Marquez

                                 21-06-2007

 

publicado por crimenobairro às 16:46

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

4 seguidores

comentários recentes
http://intervaloparacafe.blogs.sapo.pt está a torn...
Olá,É só para desejar umas Boas Festas e um óptimo...
Quem identificar o pais, que serviu de inspiração ...
esquecemo-nos com frequência, que a determinação t...
Adorei,mesmo,e já a segunda vez que deixo comentár...
Adorei este poema, talvez porque me diga algo rela...