Os vampiros da Baía secreta

23
Ago 20

Observo um jardim em flor

na cruzilhada das terras da seda, 

Sinto-lhes o pulsar da vida
ao falar da multiplicaçao,
Papoilas, orquídeas, cravos e tulipas,
belezas extraordinárias da raça humana. 
As flores são os vossos rebentos
Esculpidos em cada dia das vossas vidas. 
Prosa ou verso!
São vocês numa tela,
Pintados com arte e magia. 
Esta viagem!
A terras descritas nos
Manuscritos da santidade,
Fez-me reviver o conhecimento. 
No jardim da minha vida
cravo mais esta tela viva. 
João, Nuno, Filipe
Sónia, Flora e Cidália
São a vida da arte vivida nesta tela. 

José Mendes
16 de Junho de 2018

publicado por crimenobairro às 00:32

Uma tela escrita na madrugada,

anunciava a escaldante aventura.

Há 18 Ju, chegas-te escalada,

Para uma vida futura.

Esculpida a traço de cinzel,

Ténue de beleza e encantos!

Um rosto de sereia decorada a Pincel

Enfurece os rapazes mais malandros.

Há em ti, todos os sonhos,

Sonhos, reais deste mundo!

Para que não passe de sonhos,

A ceara dá um trabalho imundo!

A leveza da sua expressão!

Sorrindo, voando e deslizando!

Ao longo do espaço e do tempo

entrando na estrada infinita da formação.

No mundo misturam-se gentes,

como as fendas da calçada!

crescer e amadurecer,

É um compromisso que terás de compreender…

Certo é, que farás livremente,

o que te apetecer ...

Neste universo de mil e um rosto...

A sério, a vida é tão bela.…. Vive a vida.

 

José Mendes 

25-05-2020

25-05-2020

publicado por crimenobairro às 00:27

Parabéns Diva dos meus sonhos…

Perco-me ao mergulhar no teu olhar…

Porque não é superficial…                                         

Porque não se limita a reflectir o meu…                                        

Porque não se contenta, senão…           

Quando me fixa e me absorve….

Entre as suas doces Camadas de Chocolate

Porque essas meigas pupilas!...

Estão mescladas de uma malícia,

Que me envolve e me apaixona.

 

Sinto o teu toque,

Em cada contorno do meu corpo,

E em cada curva da minha Alma…   

Sinto o roçar dos teus lábios,

O sabor do teu beijo…

O desmaio suave da tua respiração junto ao ouvido.

 

Adoro a tua voz…

Porque é quente, forte, profunda….

Amo o timbre do teu sorriso,

Porque é contagiante…

Porque consigo embrulhar-me na alegria do teu sorriso,

Tornando o meu mundo mais brilhante,

Apagando o cinzento dos dias de tempestade.

 

Perco-me no sabor granulado das tuas palavras,

Na textura Suave dos teus lábios…

Enfim, perco-me á 27 anos…

 

          José Mendes                                         

      11 de Agosto de 2019                                   

publicado por crimenobairro às 00:17

Uma rosa tu mereces
Pois aninhos estás a fazer
Aninhos que são pétalas de uma rosa
Que eu tenho o prazer de conhecer

És amiga e doçura
És carinho e amor
Sempre serás uma musa
Que me desperta o calor

Um calor que dá escrita
Um calor que dá paixão
Um calor de poesia
Que é escrita pelo coração

Beijos deste maluco
Que sempre te vai adorar
Com um lindo amor
Que eternamente vai durar

 

 

        José Mendes

      Agosto 2018

publicado por crimenobairro às 00:04

Agosto 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

4 seguidores

comentários recentes
Lindas demais estas suas palavras! Obrigada por es...
http://intervaloparacafe.blogs.sapo.pt está a torn...
Olá,É só para desejar umas Boas Festas e um óptimo...
Quem identificar o pais, que serviu de inspiração ...
esquecemo-nos com frequência, que a determinação t...
Adorei,mesmo,e já a segunda vez que deixo comentár...
Adorei este poema, talvez porque me diga algo rela...